23.5.06

Miguel Almir defende Tese sexta, 26

Não precisa de tese. Não precisava ir a Madri. Nada disso! Para ser doutor em educação. Basta ser assim... Miguel Almir. “Desmedido e sem cabimento” para exercer a sua docência. Mas já que a academia “exige” e ele fez o doutoramento, só nos resta lhe dar os parabéns.
.
Felicitações por vencer mais essa batalha Miguel!
.
.
Tese analisa a sensibilidade no educar
.
Ascom/UFBA
.
“Feixes de arco-íris: uma compreensão ontológico-policrômica da sensibilidade e sua fruição no fenômeno do educar”. Este é o tema da tese de doutorado de Miguel Almir Lima de Araújo com defesa prevista para o dia 26, às 8h30, no Auditório I da Faculdade de Educação. O trabalho analisa “a compreensão ontológico-policrômica da sensibilidade e sua fruição no fenômeno educar”, diz o autor. A sensibilidade é apresentada como estado de disposição e de abertura vasta dos sensos perceptivos em que o corpo e espírito coexistem de modo implicado, numa compreensão e vivenciação dos sentidos do existir. Algo que se constitui “desde os fulcros magmáticos da corporeidade, da intuição, da afetividade, do mito poético e da razão-sentido”, teoriza Miguel Amir. O trabalho será examinado pelos professores Dante Augusto Galeffi (orientador/UFBA), Roberto Sidney Macedo (UFBA), João Francisco Regis de Morais (Unicamp/Puccamp), João Francisco Duarte Jr. (Instituto de Artes/Unicamp) e Marcos Ferreira Santos (USP).

Nota extraída (crtl c + ctrl v) do UFBA em Pauta -
www.ufba.br

3 comentários:

Anônimo disse...

Greets to the webmaster of this wonderful site! Keep up the good work. Thanks.
»

Anônimo disse...

Super color scheme, I like it! Good job. Go on.
»

Anônimo disse...

I find some information here.