30.11.18

Tem boi na praia!

Informe no Rádio
Fez o esclarecimento
Do que foi notícia
Destaque do momento
Após o Sereio de Itapoã
Foi sucesso ontem de manhã
Um boi no mar cinzento

Foi lá em Stella Maris
Que se deu o a-ka-ká
Um boi nadando na praia
Em Salvador, a capitá!
Um touro entre os surfistas
Parecia que tava na pista
Vaquejada em pleno mar

Pense no absurdo!?
Salvador sempre acontece
Essa cidade de ladeira
É um tal de sobe e desce
Aqui se dá de um tudo
Causos miúdo e graúdo
O baiano não esquece

Antes de estar na praia
Boi foi visto no aeroporto
Procurava uma saída
Deste país meio torto
Mas a polícia apareceu
O boi então se escafedeu
Foi parar no mar revolto

Ao ver o mar ele pensou:
“Eitha que abundância!
Não sou vaca de presépio,
de exposição busco distância.
Fugi da tal FENAGRO,
Sou Tim Maia e não abro,
Quero sossego e comilança!”

Distraído no marzão
Boi caminhava em paz
Quando viu, já tava longe
Já era tarde por de mais
Estando no “pasto” errado
O gado morreu afogado
Foi triste, meu rapaz...

Você teve um lamento
E o dono, prejuízo
Se tiver algum seguro
Pode até ter um litígio
Se não tiver assegurado
Já perdeu dinheiro e gado
Que lhe sirva de aviso.  

No sentido figurado
Ter boi na praia é normal
Que afogam suas mágoas
É coisa muito natural
Mas um boi verdadeiro!?
Como diz Fernando Guerreiro
“É uma loucura total !” 


Notícia do G1 sobre o boi na praia - aqui !

6 comentários:

Sérgio Cabelera disse...

Kkkkk
Pense aí Cuíca de Santo Amaro registrando esse feito!??

Me lembrei de um velho samba do imortal Riachão onde ele narra o encalhe de uma baleia na praça Riachuelo nos Ana cinquenta

Unknown disse...

Com certeza é uma coisa estranha,
um boi afogado é uma tristeza de matar
mas neste caso não faz mal
no mar não tem piranha, sobra carne pra assar.
providencie o fogo que essa carne já tem sal,
na hora de churrasco chama eu e lava tu,
já diziam os mais velhos, morre o boi pra alegria do urubu.

Unknown disse...

Parabéns! De "causo a causo" o caldeirão artístico de Irará vem a cada dia se revelar, e claro, que Roberto Martins não poderia se ausentar. Sucesso, meu amigo!

Roberto Martins disse...

Haja histórias e estorias, Sérgio Cabelera!

Roberto Martins disse...

Boa rima a do Churrasco!

Faltou assinar, amigo!

Abs!

Roberto Martins disse...

Opa!

Valeu amigo!

Agradeço pela rima e por incluir meu nome nesse rico caldeirão!

Dele, para relembrar um antigo discurso, cujo auto não se faz mais presente, eu só tão somente "um grãosinho de areia no oceano"...

Muito obrigado!

Faltou assinar tb!